Uma romântica bem realista

Ultrapassada, eu??!!


Nem faz tanto tempo mas já estou me sentindo ultrapassada com meus 39 anos! Quando criança ouvíamos muito o rádio, acordava com o tal do Zé Betio…Ah como odiava minha mãe fazer nos acordar de madrugada com aquela verdadeira bagunça no ouvido! Tínhamos televisão em preto e branco mas brincar na rua ainda era mais interessante… Assisti a transição da máquina de escrever pelos computadores. Muitas pessoas serem mandadas embora porque não eram mais necessárias, os computadores agilizaram o trabalho. Assiti também a mudança do disco de vinil transformar-se em cd´s. Mas hoje vejo vários colecionadores pagarem preços altíssimos por LP´s raros e voltarem a usar a antiga vitrola, será saudade? Mas confesso que não me acostumo com essa música eletrônica, sou antiga mesmo…prefiro ouvir tocar os instrumentos, que seja meu defeito! Vieram os drive-thru, controle-remoto, celulares, caixa eletrônicos, serviços delivery, e-mail em vez de cartas…O mundo digital! Mas ainda resisto a tantas modernidades, talvez por comodismo mas gosto de ver e ouvir gente! Falei comodismo? Mas hoje não se faz mais esforço pra quase nada, está tudo ao alcance das mãos! Lembro que quando estudava não tínhamos xerox, os trabalhos tinham que ser realizados indo à bibliotecas, fazer pesquisas em livros e escrever…escrever muito, o máximo era ser datilografado! Não precisamos mais revelar os filmes fotográficos, basta um clique e vemos milhares de fotos, mas ainda gosto de ver fotos em álbum! Das cartas então sinto muita falta, aquela expectativa de receber notícias de alguém muito querido que morava longe, ler várias vezes e, enfim respondê-la…ir ao correio e não ver a hora de receber outra! Ah e as cartas de amor? Muitas vezes rasgadas depois de uma decepção, mas sinto falta! Nem faz tanto tempo assim mas sinto falta de tudo isso!! Esse mundo digital pode ser bom mas ter de encontrar namorado virtual e ver tanta gente com tédio e depressão?? Acho bom não!

2 comentários:

Fernando Frey disse...

Eu também passei por praticamente todas as mudanças nesses meus 30 anos de vida. Só esqueceste do mimeógrafo na hora de imprimir algum trabalho, sendo que hoje temos impressora, copiadora, ou um multi-funcional. São tantas coisas que a gente nem percebe que o mundo mudou nas últimas décadas. Mas, ainda tem algo que jamais mudou nos últimos tempos: o amor. Também não sou muito a favor do namoro virtual, apesar de que já namorei pela internet durante dois anos (e como foi bom), mas agora não me interessa mais. O melhor mesmo é sentir de pertinho, com um olhar, um toque, enfim sentir coisas que, pela internet, dá uma senmsação de frieza. Precisamos daquele calorzinho.......hehe
Bom final de semana. Beijos

san.luce disse...

Você é muito meiga, educada, gente boa de verdade... rsrs
Você escreve muito bem! Que a paz e o amor, estejam sempre com você.
Beijos

Postar um comentário

Comente aqui!